SUSE e Microsoft desenvolvem um Kernel Linux Enterprise otimizado para o Azure


Ultimamente temos falando bastante de funcionamento do Linux no Azure. Já falamos de Docker, Kubernetes, Containers Windows, SUSE, Red Hat, VMs Linux dentre outros. Hoje, gostaríamos de dar um pouco de ênfase em uma parceria especial entre o SUSE e a Microsoft no desenvolvimento de um Kernel Linux Enterprise otimizado para o Azure.

Kernel

O Kernel é de suma importância para o desempenho das nossas aplicações, praticamente toda a arquitetura da máquina depende do Kernel, é ele quem faz a ponte entre aplicações com uso de memória, dispositivos e processador.

Arquitetura do Kernel

Sendo assim, se o Kernel é otimizado para determinado tipo de serviço, você pode ter certeza de que conseguirá um ganho de performance para suas aplicações.

Kernel Linux Enterprise

Com este Kernel desenvolvido sob medida para o Azure, agora as instâncias on-demand do SUSE Linux Enterprise Server (SLES) são executadas em um kernel personalizado para cargas de trabalho específicas no Azure, o que proporciona um desempenho otimizado, inicialização mais rápida, e redução no espaço utilizado na memória.

Este novo Kernel é ideal para empresas que não podem ter gargalos em suas aplicações, ele pode oferecer um ganho de rendimento na rede de até 25% e até 23% na redução da latência média. É possível gerenciar a complexidade, fornecer serviços essenciais e reduzir custos.


Autor: Microsoft Tech