Trabalhando com Cosmos DB offline


Veja nesse artigo como testar a API MongoDB do Cosmos DB sem a necessidade de uma conta no Azure.

uma imagem de um telefone celular

Para quem esta tendo o seu primeiro contato com o Cosmos DB nesse artigo, ele é um serviço de banco de dados de alta disponibilidade, multi documento com baixa latência em qualquer lugar no mundo.

Ele foi desenvolvido com foco em solucionar problemas de escalabilidade. Para escalar uma aplicação no Cosmos DB não são necessários mais do que alguns cliques.

O serviço do cosmos hoje conta com algumas APIs: API do MongoDB, API SQL, API do Cassandra, API do Gremlin e API Table.

Nesse artigo eu irei abordar a API do MongoDB. Caso você tenha interesse em saber mais sobre essa API, eu recomendo a leitura do seguinte artigo no site oficial da Microsoft: Introdução ao Cosmos DB.

Bom, para que possamos testar a API do MongoDB sem custos, a Microsoft disponibilizou um emulador do Cosmos. Abaixo você tem dois links com um passo a passo da instação:

Para esse artigo eu irei utilizar a versão instalada no Windows. Após escolher uma das opções, inicie o emulador.

uma imagem de um telefone celular

Assim que ele iniciar irá subir um serviço no endereço: https://localhost:8081/_explorer/index.html

uma imagem de um telefone celular

Como você pode notar na imagem anterior, o emulador nos oferece alguns links para download de alguns projetos de exemplo. Mas para que você possa ver que o emulador é fiel ao ambiente online, eu irei utilizar o código que eu desenvolvi para o artigo: Azure Cosmos DB: CRUD completo com Node.js.

Caso tenha interesse em utilizar esse mesmo exemplo, segue link do projeto no meu GitHub: Node-CosmosDB.

Com o projeto clonado, o próximo passo será habilitar para que o emulador utilize a API do Mongo. Para isso, siga os passos abaixo:

Abra um terminal no seu computador e navegue até o diretório abaixo:

cd "C:\Program Files\Azure Cosmos DB Emulator"

Em seguida execute o comando abaixo para habilitar a API do MongoDB:

.\CosmosDB.Emulator.exe /EnableMongoDbEndpoint

Esse comando irá subir dois pop-ups no seu computador, confirme eles para que a API do mongo seja habilitada.

uma imagem de um telefone celular

Com o emulador e API OK, abra o arquivo config/db.js e atualize ele com a string de conexão do seu emulador:

uma imagem de um telefone celular

Em seguida execute o comando npm start para subir a sua aplicação. Agora para testar se a conexão esta OK, abra o seguinte endereço no seu computador: http://localhost:3000/person.

Agora para que possamos inserir alguns dados na nossa base local, vamos utilizar o Postman. Abra ele e preencha conforme esta na imagem abaixo, em seguida clique em Send.

uma captura de tela de um post de mídia social

Volte no endereço http://localhost:3000/person e note que agora ele está retornando os dados de envio do passo anterior:

uma imagem de um telefone celular

E para finalizar, volte no endereço do emulador e clique na aba Explorer, note que você tem um novo banco de dados com uma collection. A imagem abaixo ilustra esse passo no meu exemplo:

uma imagem de um telefone celular

Bem legal né?

Dessa forma nós conseguimos ter um ambiente de testes do idêntico ao nosso ambiente de produção 😉

Espero que tenham gostado e até o próximo artigo pessoal 🙂


Autor:

Microsoft (MVP), atualmente trabalha como Arquiteto de Software para TV Bandeirantes. Nesses últimos anos, focou nas tecnologias criadas pela Microsoft, mas sempre esteve antenado para as novas tecnologias que estão surgindo no mercado. Em um breve resumo, é uma pessoa apaixonada pelo que faz, tem a sua profissão como hobby.